18 de agosto de 2007

Melhor que raio-x, só muitos olhos!

Gosto de ser encontrada por livros. Sem querer esse aí me encontrou e quem me deu viu que eu gostei tanto [mas tanto, mais ainda do que ele], que acabei o ganhando um presentão!

São poemas sobre alguns personagens peculiares de Tim Burton, com os quais me identifico bastante [:o)]! O livro se chama O triste fim do pequeno menino ostra e outras histórias e foi publicado pela Girafinha.


A menina de muitos olhos


Dia desses no parque
Vi uma moça de raro encanto.
Tinha tantos, tantos olhos
Que, confesso, fiquei meio tonto.

A sua beleza não era pouca
(Aliás, que tremenda gatinha!)
Quando notei que tinha boca,
Engatamos uma conversinha.

Falamos sobre ecologia,
Sobre suas aulas de poesia,
Sobre os óculos que usaria
Se um dia tivesse miopia.

Mas, de tudo, o que eu mais adoro
É seu olhar diversificado.
Se entretanto ela cai no choro,
Não tem quem não fique molhado.

4 comentários:

Anônimo disse...

pasei um tempinho me deliciando com seus textos...
Hoje tenho muito orgulho de:

"Anônimo disse...
Helo, pode escrever mais. Vamos ver no que vai dar. Por enquanto, achei sua escrita "na medida". Suficientemente sucinta, interessante, misteriosa, provocante, séria, mas com humor, melancólica, porém leve.
A dose perfeita gera o “quero mais”. Então desce a pena! Ou tc aí!

7/24/2005 8:38 PM

Helô Beraldo disse...

:o)! Obrigada! Beijos!

Lilian disse...

moça querida.
eu também ganhei um presente lendo esse poema.

meus apenas dois olhinhos lacrimejaram, mesmo.

lindo.

Helô Beraldo disse...

Li! É lindo, né? Cada bpoema desse livro vale um "Aaaah, que lindo!" Beijos