31 de outubro de 2006

L'arrache coeur

A cabeça segue o coração.

Meu coração bate tão rápido e se deixa levar por qualquer movimento externo que demonstre carinho, respeito. Ainda mais quando são usadas palavras, ah, aí esse coração registra e aceita sem duvidar.
E o inevitável sempre acontece: ele sai do ritmo e oscila entre desperto, acelerado, ansioso, satisfeito.

Mas quando ele pára.


o vital acaba e o cérebro continua a funcionar, desordenado, cheio, desesperançoso de retomar consciência.



Por algum motivo fazem com que meu coração volte à vida e tudo fica tranqüilo, esperançoso novamente. É só despejar letras sobre o papel e ouvir um argumento certeiro:
o corpo tem alguém como recheio.

4 comentários:

André Fernandes disse...

Não sei, mas me parece que temos um decassílabo no último trecho com quiasma. Beijo e parabéns.

Helô Beraldo disse...

:o) Bjo

Glauco disse...

Oi Helô, o link do meu blog mudou, agora é: http://doispontosedoistracos.blogspot.com/
alguem roubou o meu outro endereço, inclusive nem tente acessar o antigo pq aparece uma mensagem de busca e na sequencia pede pra instalar um programa. Por isso é prudente alterar nos seus links! Beijos!

Helô Beraldo disse...

Oi, Glauco! Demorou, mas corrigi! Entrei várias vezes no endereço roubado, hehehe! Obrigada e beijos!