19 de abril de 2011

O meu escritor

Eu achava que Cortázar fosse "o meu escritor". Mas me enganei. Esse que vos fala aí nesse vídeo, definitivamente, é o "meu escritor". É puro. É humano. É o que é a verdade, o amor, a vida, a dor. Desafio você a não chorar com suas palavras, pois elas traduzem a vida e, muito provavelmente, o que há de mais profundo dentro de você. Esse vídeo é só um gostinho da palavra, um aperitivo. Essencial para os humanos, demasiado humanos, conhecê-lo.

2 comentários:

Camilla disse...

Lindo, lindo, lindo, Helô!

helô beraldo disse...

:)